Os 5 níveis de informatização de um hospital

13 dezembro 2018

A informatização do hospital é uma realidade a qual a gestão hospitalar necessita se adaptar e estimular.

O uso de soluções digitais em instituições hospitalares tende a crescer nos próximos anos, trazendo melhorias em diferentes frentes.

Atualmente consideramos que existem 5 níveis de informatização em hospitais.

Entender quais são e em que nível sua instituição de saúde se encontra é importante para tomar as decisões certas rumo à digitalização.

Conhecendo os 5 níveis da informatização hospitalar

Níveis 1

O nível 1 de informatização é onde se encontra a esmagadora maioria das instituições de saúde do país.

Nele a tecnologia aparece basicamente ligada a processos, com sistemas como o ERP (Sistema Integrado de Gestão Empresarial).

Outras soluções comuns são os HIS (Sistema de Informatização do Hospital), CRM (Gerenciamento de Relacionamento de Cliente) e outros ligados à gestão.

Nível 2

No nível 2, além da utilização de soluções informatizadas para a gestão, aparecem aquelas ligadas ao atendimento.

É o caso de hospitais que contam com prontuários eletrônicos do paciente (PEP), mas que ainda mantém arquivos impressos em papel.

Nível 3

No nível 3, o PEP não apenas é utilizado como possui certificado digital, tornando-o um documento oficial.

Com o certificado digital, as assinaturas para validar um documento são digitais.

Assim, as informações de prontuário do paciente ficam armazenadas eletronicamente apenas, sem a necessidade de impressão.

Nível 4

Aqui estão os hospitais e clínicas que trabalham com todo processo de assistência ao paciente sem o uso de papel.

Junto à ficha do paciente, vão todas as informações e documentos necessários para análises clínicas, como resultados de exame, mesmo que realizados em outras instituições.

Nível 5

Já neste nível estão as instituições de saúde que funcionam sem papel, seja no atendimento ao paciente ou seja na gestão.

Todos os processos, inclusos o de RH, suprimentos, faturamento, relação com operadoras, entre outros, ocorrem de forma digital.

A informatização do hospital e a gestão hospitalar

É muito importante que a gestão hospitalar desenvolva a informatização da instituição de saúde.

Chegar ao quinto nível deve ser o objetivo, de forma a reduzir custos, ganhar em agilidade e segurança das informações.

Para isso, porém, é preciso investir com planejamento.

Com um bom planejamento é possível modernizar o hospital e se favorecer dos ganhos que a informatização é capaz de gerar em hospitais.

Não basta informatizar. Os funcionários responsáveis por utilizar esses sistemas devem receber treinamento de acordo.

Além disso, o investimento a ser realizado deve estar de acordo com a capacidade para tal no momento. Caso contrário, a gestão hospitalar se arrisca a prejudicar a saúde financeira do hospital e, como consequência, prejudica o atendimento.

Gostou deste artigo? Continue acompanhando nosso blog e tenha acesso a mais dicas e informações ligadas à gestão de hospitais.

Até a próxima!